Frederico Capraro - Campeão Super Fórmula 4
Raphael Filizola - Vice Campeão Super Fórmula 4
Paulo Farias - Campeão Super Fórmula 4 Senior
Raphael Filizola - Vice Campeão Super Fórmula 4 Senior
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Slider

SUPER FÓRMULA 4 GRADUADOS: Aberto para pilotos nascidos antes de 2005; PSK – A poderão se inscrever nesta categoria (CLASSIFICAÇÃO GERAL).

SUPER FÓRMULA 4 SÊNIOR: Aberta a pilotos nascidos antes de 1989 (CLASSIFICAÇÃO APENAS PARA SUPER FÓRMULA 4 SÊNIOR);

Peso: (motor PEW): 180 Kg

(motor PRÓPRIO)185 Kg

Chassi:. Qualquer marca homologada pela CBA ou CIK/CBA desde 2010 (ou CIK-FIA com representação oficial no Brasil - lista ao final ou de acordo com adendos); liberado o intercâmbio de peças entre os mesmos, e nenhuma peça do chassi poderá sofrer alteração que mude a sua característica original constante da ficha de homologação. Apenas um chassi poderá ser usado por prova, que será lacrado ao final da tomada de tempo. 

MOTOR (Próprio): O motor será Honda GX390, autorizado CBA, modelo T1, T2, ou H1, 4 tempos, 13 HP, monocilíndrico, refrigerado à ar, com partida de acionamento por corda e com as seguintes condições:
O volume mínimo obrigatório do interior da câmara de combustão, acrescido do habitáculo da vela, será de 54cc, medidos a partir do pistão, no seu ponto morto superior, até a face superior externa do cabeçote, não podendo haver descarbonizarão.
No cabeçote será permitido apenas o faceamento para a equalização do volume.
Será proibido o retrabalho das válvulas, de suas travas, dos tuchos, das varetas e dos balancins.
As molas da válvulas poderão ser de livre procedência sendo permitida o uso calço nessas mesmas molas.
Será permitida a retirada do suporte do tanque.
Será proibido o retrabalho do pistão, do pino munhão e dos anéis de segmento, devendo estar montadas em suas posições originais e podendo atingir até a sobre medida de 0,75mm.
Será permitida a colocação de bronzinas. Porém, a equidistância dos furos  deverá ser mantida.
Serão permitidas a adaptação da embreagem e a retífica do virabrequim em até 0,75mm, devendo ser mantidos originais o seu curso e a posição da embreagem de distribuição.
Será permitida a retirada do limitador de giro.
Será proibido o retrabalho do comando de válvulas.
Será proibido o retrabalho do volante.
Será obrigatório o uso do balanceador harmônico.
Será permitido fazer um furo no coletor de admissão somente para a ligação da bomba de combustível.
O coletor de escapamento será de livre procedência, com comprimento de 200 + 20mm, sendo proibido qualquer artifício que venha provocar entrada ou saída de gases antes do escapamento.
Será proibido o jateamento de qualquer componente do motor.
Será permitida a substituição dos parafusos de fixação do cabeçote por prisioneiros.
Será obrigatória a fixação da bobina de ignição em sua posição original e com os seus respectivos parafusos também originais.
Será obrigatório o uso de rolamentos e retentores originais e completos.
O motor deverá possuir obrigatoriamente no respiro, um condutor flexível, dirigido para um reservatório recuperador de fluidos, em material plástico e transparente, fixado no chassi. 

MOTOR (sorteado PEW): Marca Honda modelo GX 390, 4 tempos,13 HP, sorteado a cada etapa pelo KGV.

Caso o motor venha a ser danificado por acidente, o piloto será responsável pelo custeio da sua manutenção.

SORTEIOS DE MOTOR

TREINOS LIVRES: Será sorteado 1 motor para estes treinos inicialmente, conforme adendo nº 02 (dois) programação do evento. Após os treinos livres um novo sorteio será realizado, conforme adendo nº 02 (dois) da Programação do Evento. Será permitido trocar de motor após a Tomada de Tempos e 1ª bateria (deverá ser realizada em até 10 minutos depois do seu final). O piloto ou equipe que solicitar a troca de motor sem constatação pela organização de falhas ou problemas será penalizado com perda de 4 (quatro) posições na 1ª troca e perda de 8 (oito) posições na 2ª troca,  no grid de largada.

Coroa: 42 dentes.

Pneus: MG especificação HZi (Vermelho), quatro jogos de pneus novos serão usados por cada competidor, como segue: 1ª, 2ª e 3ª etapas (primeiro jogo); 4ª, 5ª e 6ª etapas (segundo jogo); 7ª, 8ª e 9ª etapas (terceiro jogo); 10ª  etapa (quarto jogo). Os jogos devem ser adquiridos e sorteados pela organização do campeonato.