Time da Família Reis toma a liderança nas voltas finais e garante quarta vitória nos últimos cinco anos na prova mais importante do kartismo nacional

O kart número 301 da Car Racing/AmericaNet venceu neste domingo (30) de clima instável em São Paulo (SP) a 25ª edição das 500 Milhas de Kart, prova que pela primeira vez foi disputada no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos. O time, que contou com Rafael Reis, Leonardo Reis, Leandro Reis, Rubens Barrichello, Eduardo Barrichello e Fernando Barrichello mostrou força a partir da segunda metade da prova, tomando a liderança para seguir para a vitória.

“É maravilhoso ganhar com essa equipe. Eu acho que poderíamos ter mais três ou quatro horas de corrida que, ainda assim, essa vitória ficaria com a gente. Nosso kart estava muito forte”, disse Leonardo Reis, após o encerramento da corrida, que, de acordo com o irmão, Rafael Reis, foi desafiadora por conta das condições climáticas instáveis em Interlagos.

“Foi desafiador para fazer a estratégia. Uma hora estava seco, depois, chovia do nada. Tivemos três ou quatro stints ou com sol, ou com pista molhada. Eu tive um stint que começou no seco, e começou a chover. Mas nosso kart estava bom e conseguimos ser os mais rápidos da pista”, comentou Rafael, após a corrida deste domingo.

O time da família Reis alcançou ainda o tricampeonato consecutivo, tendo triunfado também em 2019 e 2020. Mais do que isso, a Car Racing/AmericaNet chegou ao quarto triunfo nos últimos seis anos. O resultado foi ainda mais especial para Rubens Barrichello, que alcançou sua 11ª vitória na mais importante prova do kartismo nacional, a primeira correndo ao lado dos filhos, Dudu e Fernando Barrichello.

A segunda posição ficou com o kart número 70 da Massoni/Eleven/Conceito, de Kleber Eletric, Bruno Monteles, Felipe Massoni, Renzo Zambolini e Frederico Capraro, que completaram a metade da corrida na liderança, terminando uma volta atrás dos vencedores. Sabiá Racing/RXM 118/Bomix, de Raphael Xavier e André Rosário, completou o grupo dos três melhores com o kart número 118.

A quarta colocação ficou com Giuliano Raucci, Erick Lutum, Nelson Neto, Antonella Bassani, Pedro Clerot e Lucca Zucchini, sexteto que correu com o kart número 2 da MFS Racing/CF Bank/Pneus Best. A Car Racing/AmericaNet ainda viu Alberto Cattucci, Lucas Souza, Felipe Giaffone, Nicolas Giaffone, Tito Giaffone e Leandro Reis completarem o grupo dos cinco primeiros.

Destaque dos treinos e da classificação, o kart número 85 da Car Racing/AméricaNet, que contou com o piloto da Fórmula 2 Felipe Drugovich, além de Enzo Bortoleto, Alberto Cattucci, Rodrigo Dantas e João Cunha, liderou a primeira parte da corrida, mas uma quebra de motor acabou com as chances de vitória do time.

Entre os competidores da classe Light, que reúne pilotos mais novos, a vitória ficou com o kart número 481 da AES Capital Reefer MFS, pilotado por Gilnei Júlio Alves Soares, Anthony Marques Poielli, Renan Cordeiro de Melo Franco. A Lazy Kart CKS Racing, de Peter Silva Jankowski, Ryan Nishioka e Henrique Morbi, ficou com a segunda colocação, sendo seguidos pelo numeral 925 da RKC Kiss FM IMAB II, time de Fábio Cunha, Bruno Sutter, Fábio Frigi, Alberto Cesar Otazu, Nelson Reple Neto e André Velasco de Souza.

Na Sênior, a vitória ficou com a DRC-Betinho Veículos, time que contou com David Hilário, Giuseppe Corsi e Higor Huertas. A Car Racing Press, de Rodrigo França, Rogério Rodrigues, Lucas Ruaro Zanchet e Gabriel Rosa, ficou com a segunda posição. A V11 Kart Aboissa, que contou com Paulo Sant’Anna, Antonio Jorge Neto, Munir Aboissa e Renato Russo, completou a lista dos três melhores.